3 de fev de 2013

Férias - Alertas e elogios.


Em janeiro de 2013 fomos para São Paulo e para a baixada santista.
Ficamos 15 dias fora de casa, e mesmo assim conseguimos nos manter na dieta, sem nenhuma contaminação.
Na baixada santista ficamos em um flat, que é sempre uma boa opção para quem tem dietas restritivas.
O flat Veleiros da Ilha fica no Guarujá, na praia do Tombo, e foi uma boa escolha. O custo/benefício é bom, o apartamento é bem equipado, inclusive com máquina de lavar roupa.
Em um outro ano, ficamos em outro flat no Guarujá, mas era muito ruim. Já o Veleiros da Ilha é muito bom, eu recomendo.
Em Santos, fomos em dois shoppings da cidade, o Praiamar e o Miramar.
Tivemos boas e más surpresas.


Vamos começar com os alertas...

No Praiamar, encontramos a loja Amor aos Pedaços, que diz ter opções sem glúten, porém o que vimos é o pesadelo de qualquer celíaco.
Havia sim alguns bolos e doces que em suas plaquinhas apresentavam a inscrição sem glúten, porém estavam junto dos bolos com glúten, na mesma vitrine, com os pratos encostando um no outro.
Expliquei para a atendente quais os riscos, mas ela só ficou me olhando e sorrindo.
Mais tarde, conversando com outros celíacos, de outras regiões do Brasil, ouvi reclamações semelhantes, inclusive de que os bolos são assados no mesmo forno e que são cortados com a mesma faca...
Aproveitei que estava na praça de alimentação e passei também na Vivenda do Camarão, que também tem opções sem glúten no seu cardápio.
O cardápio é um pouco confuso, então fiz perguntas para o atendente, que nitidamente não tinha ideia do que fosse glúten.
Infelizmente, essas duas empresas são o retrato típico da maioria das empresas, elas se propõe a fazer algo, mas não treinam os funcionários, não equipam as lojas como deveriam e não se preocupam com as consequências dessas falhas.
Muita gente não sabe sobre contaminação cruzada, mas a empresa que pretende oferecer produtos isentos deste ou daquele ingrediente, tem a OBRIGAÇÃO de saber e treinar os funcionários.
Para quem tem alergia ou intolerância, um pouquinho faz mal!

Elogios
No Miramar, tivemos uma surpresa agradável.
Um restaurante da praça de alimentação, o The Max Buffet Grill, nos atendeu muito bem.
Embora seja um restaurante por quilo, havia apenas um item do buffet com glúten aparente (era alguma coisa empanada).
Mas eles tinham algumas opções seguras, como as saladas, a batata frita, o arroz e o salmão grelhado.
Conversamos com as atendentes, que foram muito solicitas e nos responderam prontamente todas as questões. Inclusive nos mostraram a chapa exclusiva do salmão.
Resolvemos andar mais um pouco para decidir. E qual não foi a nossa surpresa, quando voltamos ao restaurante, as moças já haviam feito o salmão e a batata frita exclusivamente para nós, estavam até separados!
Ficamos super felizes, as crianças adoraram, afinal salmão é disparado o prato preferido dos meus filhos.
Com esse atendimento exemplar, o restaurante ganhou alguns fãs, porque nossa família é da cidade.
Parabéns, The Max Buffet Brill!

Outra surpresa ótima foi a Tapioca do Zezé, na Praia Grande, encontramos um senhor que vende tapiocas na praia. Ele passa com sua bicicleta, equipada com um tabuleiro gigante, lá dentro tem tapiocas fresquinhas e deliciosas.
Ele nos contou que eles fazem a goma com água de coco.
Comemos e adoramos! E não tivemos problemas.

Compras

Alerta
Em São Paulo, no bairro de Perdizes, fomos a loja do Mundo Verde, e como sempre, encontramos problemas...
Olhei na prateleira de produtos sem glúten e algo me chamou a atenção, o pacote de macarrão estava se mexendo! Sim, isso mesmo, o pacote estava lotado de carunchos, eram muitos!

Elogio
Em Santo André, ABC paulista, encontramos no supermercado COOP, macarrão sem glúten, da marca Urbano, por R$1,59. E não era promoção ou mercadoria próxima da validade!
Nesses momentos fica evidente que algumas lojas praticam preços abusivos.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Seus comentários serão muito bem-vindos.