19 de dez de 2014

Jogo de cintura


Se você é celíaco, ou tem alguma restrição alimentar, então você precisa ter ou desenvolver jogo de cintura. Disso vai depender a sua vida social.

Mas o que é jogo de cintura?
Jogo de cintura é uma expressão muito usada no Brasil. Ter jogo de cintura "é uma qualidade de um indivíduo, é aquela pessoa que sabe como lidar com outras que talvez ela não goste tanto, ou que sabe lidar com os problemas mais difíceis sem se abalar, enfrentar qualquer situação sem demonstrar fraqueza e nem desistir do seu objetivo".

Na realidade, ser maleável e criativo para enfrentar dificuldades são qualidades que todos nós deveríamos desenvolver, mas quando temos uma condição que nos restringe de alguma maneira, isso passa a ser essencial.
Quando entendemos os nossos limites, e entendemos o porquê de cada coisa ser feita daquela forma, passamos a ter o domínio da situação.
Assim fica muito mais fácil imaginar soluções para resolver problemas e situações inesperadas que podem surgir no dia-a-dia.
Também é preciso entender que seja qual for o resultado, foi o melhor que poderíamos ter feito com as ferramentas que estavam disponíveis naquele momento, e que para sermos felizes não precisamos TER o mesmo que os outros, apenas precisamos nos sentir bem sendo nós mesmo.

E essa semana eu me senti assim!
Fomos viajar, e durante a viagem surgiu um convite para um "parabéns", coisa simples só um bolinho...
Meu filhos ficaram animados, mas eu não tinha levado forma de cupcake, nem de bolo, não levei confeitos. E aí?
A praia que estávamos é afastada, então comprar todas essas coisas não era uma opção.
Além disso, ficamos sabendo do aniversário apenas algumas horas antes!
Tive a ideia de fazer bolo de caneca em xícaras.
Forrei as xícaras com papel alumínio, untei e enfarinhei com farinha de arroz, porque eu precisava que os bolinhos saíssem inteiros.
Fiz a receita, coloquei nas xícaras e coloquei no forno a gás para assar.
A receita que eu usei foi a de bolo de aniversário.
Enquanto isso pensei, e a cobertura? E a decoração?
A cobertura foi fácil, peguei o leite vegetal e fiz o brigadeiro sem leite condensado (para ver a receita clique aqui).
Na falta dos confeitos, usei chocolate em pó para decorar.
Eu achei que os bolinhos ficaram lindos. 
E meus filhos me disseram que estavam deliciosos também ;)
Fomos no parabéns, eles brincaram um montão e voltaram para casa super felizes, e eu também.
Por isso, não se deixe abater quando encontrar dificuldades, porque buscar a solução, ou um caminho alternativo, vai te trazer uma sensação de bem estar enorme.
Ah! E se um dia surgir um aniversário relâmpago, se lembre deste post.




Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Seus comentários serão muito bem-vindos.